Pesquisar este blog

10 julho 2017

Como Você Trata Suas Coisas?

Tratar as Coisas
A maneiras como tratamos nossas coisas diz muito sobre quem nós somos. A
higiene, somada à ordem pessoal de nossas coisas e do nosso espaço demonstra nossa categoria humana.

Viver a higiene e a ordem nas coisas cotidianas por toda a vida, na juventude e na velhice, nos domingos e quando não se tem ninguém a quem se quer impressionar, nas coisas mais simples de nossa casa como a ordem no armário, nos produtos de limpeza ou cozinha e de forma regular, nos confere a verdadeira "classe" que muitos erradamente buscam na ostentação.

O cuidado com a higiene pessoal e a ordem das nossas coisas vivida diariamente, combate a preguiça, o desleixo e esse relaxamento que vai aos pouco deformando o nosso caráter.

Não resta dúvida que a maneira como nos apresentamos ou como temos o nosso espaço ou tratamos as nossas coisas revela muito do que nós realmente somos.

Uma dona de casa caprichosa terá filhos mais ordeiros e menos preguiçosos. Um homem com menos pena de si mesmo e que cumpre com essas suas pequenas obrigações naturais de pai, marido, filho e dá exemplo de cuidado pessoal e ordem é uma referência e tem a “graça de um pai”. 

É preciso não subestimar a importância das pequenas coisas. Apesar do cansaço ou da vontade de gastar horas na Internet é preciso colaborar com atos simples como estar bem limpo e bem vestido e com as próprias coisas em ordem diariamente. 

Agindo assim evitamos também outros erros como abusar das pessoas que nos ajudam e acabar sendo pesado à mãe, à esposa , ou a uma empregada, provavelmente já muito sofrida.

Uma pessoa de categoria humana tende a independência total para executar suas obrigações. E essa independência se dará nas atividades mais elementares de higiene e ordem realizadas sem que ninguém lhe peça e sem ceder à preguiça, como na perseguição às suas grandes conquistas de vida. As primeiras são passos para esta última. 

Pontos Práticos de Higiene como Qualidade e Virtude Humana

  1. Ter e manter sempre boa apresentação pessoal.
  2. Conservar limpos e em ordem as próprias coisas.
  3. Os trabalhos que entregamos também devem estar sem manchas, revisados e bem apresentados. 
  4. Devemos nos esmerar na maneira como realizamos coisas simples da vida cotidiana: como posso melhorar a hora das refeições da minha família? Ponho uma mesa alegre e bonita? Como são meus modos quando vejo televisão? Com que cuidado eu fecho uma porta em casa, ou me dirijo aos meus familiares?
  5. Que o nosso banho não seja só de água e toalha. Se as pessoas tomassem melhores banhos haveria menos trabalho na lavanderia. Acredite, quem não se cuida apropriadamente é sempre mais pesado aos demais.
  6. Excentricidades no vestir por modismo ou falta de critério é prova de falta de informação, critério ou empenho. Avance pouco a pouco nas melhorias. Um pequeno gesto em cada campo de melhora: emagrecer, se informar melhor, comprar melhor, etc.
  7. Não acredite no “jeitinho” ou que uma “tapeadinha” resolva. Ao contrário, o mais provável é que sua casa seja sempre cheia de gatilhos, pilhas de objetos para serem ordenados, coisas quebradas e cantos sujos. O que fizer hoje faça bem feito. 
  8. Essa limpeza e ordem pessoal como qualidade humana deve se estender a todas as nossas coisas como ao automóvel, nosso escritório e a tudo mais que é nosso.

Praticando sempre não teremos uma personalidade de aparências, mas seremos pessoas de maior qualidade humana. Obrigado por compartilhar esta postagem.

Postagens mais visitadas