Pesquisar este blog

05 julho 2017

Boas Maneiras e os Universitários 1

A educação universitária traz muitas vantagens. Mas o ambiente universitário pode trazer algumas tentações que podem levar jovens desavisados ou que tenham recebido pouca formação moral e humana a cair em erros que os desviem de seus futuros brilhantes. E isto porque é nesta fase que o jovem se torna ele mesmo, tem a chance de se auto-determinar e fará muitas escolhas.

Ao mesmo tempo é a época e o ambiente em que o jovem é exposto a muitas tentações:
  1. Simples prazeres que podem se tornar vícios.
  2. Dissipação e preguiça que corrompem se não houver um mínimo de auto disciplina.
  3. Adoção por falta de critério de ideologias radicais que lavam cérebros em nome da ciência, do prazer, da luta de classes, etc. 

Também é nessa fase que as paixões e os apetites se tornam mais impacientes e difíceis de controlar. E nunca faltarão más companhias para levar os jovens a fazer más escolhas que vão das mais simples de não estudar até as que levam ao uso de drogas e outros depravações.

Contra tudo isso a melhor salvaguarda do jovem é manter um forte sentido de sua religião. Manter-se na presença de Deus nos ajuda a reconhecer o que é um ambiente, um ato ou uma companhia nociva. Se é para frente que se anda, é para Deus que se olha quando se quer ir longe. A melhor proteção para o jovem universitário não se deixar levar pelas tentações do ambinte, destes primeiros tempos de liberdade e de más escolhas no início da vida adulta é conservar-se na presença de Deus.

Nos ambientes cientificistas e materialistas não faltarão pessoas que depreciam a religião. Mas o jovem de boas maneiras deve conservar os seus valores e manter-se firme no bem e para isto é bom sempre lembrar-se da presença de Deus. Os modismos, as ideologias e o tempo da faculdade passarão, mas a verdade de Deus não passará e se você se conservar em Deus, seu tempo na universidade será proveitoso e semente de grandes realizações na vida adulta.

Não se conserva na presença de Deus sem atenção e cuidado. É preciso preservar os momentos de oração pessoal e frequentar os sacramentos. É muito importante que logo na primeira hora se consagre o dia a Deus para evitar a dispersão e o ativismo que são formas de preguiça e são sempre o primeiro passo de muitos erros. Basta uma oração pequena como por exemplo:

"Senhor, que nada me separe de vós hoje. Ensina-me a escolher apenas o que me deixe mais próximo de Vós. Ajude-me a caminhar pelos seus ensinamentos e não pelas minhas paixões. Ajuda-me a manter o meu coração puro e indiviso. Proteja-me dos meus próprios pensamentos, palavras e ações descuidadas. E me proteja de me distrair e me perder de vós por tentas tentações egoístas. Ajuda-me distinguir o mal do bem e a abraçar a dificuldade do dia a dia como uma oportunidade... e não como uma inconveniência pessoal ".


Nada vai protege-lo mais do perigo desses inícios da vida adulta do que a regularidade de suas orações. Faça logo na primeira hora a sua oração de consagração do dia a Deus para evitar cair em desalentos egoístas ou preguicinhas. E, à noite faça o exame do dia, que são aquelas três perguntas simples: 1 - Que fiz de bom que vos agradou? Receba pela intenção de..,2 - Que fiz que vos desagradou. 3- Que vou fazer amanhã para melhorar nisso que errei.


E não deixe de ir à Missa, comungar e confessar-se. A frequência aos sacramentos não é uma mera obrigação ou um artifício com algum fim utilitário, é um privilégio e devemos vivê-lo ativamente e com fervor. Não deixe de fazer leituras espirituais que esclareçam ainda mais a Palavra de Deus e a formação do seu caráter. 

Devemos viver nossa religião de modo muito natural e jamais nos envergonharmos dela, mesmo que na Universidade onde talvez alguém tenha dúvidas de fé ou tenha entronizado um certo cientificismo no lugar de Deus e por isso queira depreciar a religião. A verdadeira ciência explica a natureza. E como a inteligência que a explica e a própria natureza são provas da existência de Deus, a verdadeira ciência não opõe a Deus, mas antes o encontra.

Não deixe de levar sua medalhinha ou crucifixo contigo. A presença de Deus o protegerá na Universidade e sempre.

Postagens mais visitadas