Pesquisar este blog

16 julho 2017

Boas Maneiras e as Reclamações


  1. Sempre falar educadamente. Nada de "rodar a baiana" assim que começar a falar. Para "engrossar" na reclamação, prefira subir o nível hierárquico de a quem você reclama do que ficar batendo boca.
  2. Quando reclamamos com pessoas de pouco preparo e educação não há como insistir sem correr o risco de uma reação desproporcional. Procure outros caminhos. E não se surpreenda nem desista ao deparar com algum abuso por parte da autoridade ou excesso da parte de quem tem o poder da força. Não desista de fazer a sua queixa por outros canais.
  3. Num primeiro momento, prefira fazer a sua reclamação pessoalmente sempre que possível. Ou seja, se está num hotel, peça ao gerente para vir ver o problema no seu quarto, ou desça para falar com o gerente. Depois pode ser necessário enviar, para os canais competentes, um arrazoado do que aconteceu.
  4. Anote tudo relacionado com a sua demanda de modo claro e eficiente: dias, horas, nomes dos envolvidos, guarde recibos, filme ou fotografe se for possível. Em futuros estágios da demanda esse material pode ser importante para ganhar a demanda. Não confie só na sua memória.
  5. Não distorça os fatos para ter razão. Aceite os limites da sua demanda e não cometa fraudes nem minta para se aproveitar da situação. Assuma sua parcela de erros e exija o que é de direito.
  6. É importante sempre ser objetivo no que se refere à demanda. Informar a autoridade o que aconteceu ao mesmo tempo que descarrega sua raiva, expressa sua indignação, invoca santos ou tece explicações ideológicas que na sua opinião são a causa do problema pode não ser muito objetivo.
  7. Não fique reclamando na fila do banco, por exemplo, do mau atendimento. Provavelmente as pessoas à sua volta ou aquele estagiário com o  "posso ajudar" escrito no colete não tem a autoridade para mudar o que lhe incomoda. Vá para casa e escreva para o Sac do seu banco e se não resultar para o banco Central. A propósito, se puder assine esta petição para que os bancos voltem a autenticar os pagamentos no boleto e não com aquele recibo que desbota. Esta é uma queixa que interessa a todos. 
  8. As boas maneiras não exigem que não se reclame, mas sim que se reclame apropriadamente. Ou seja, com a autoridade realmente competente e de modo eficiente. Não reclamar ao encontrarmos algo errado seria omissão e todos os cidadãos devem estar envolvidos com a defesa da dignidade da vida humana que está em corrigir muitos pequenos erros da vida em sociedade. Não se omita.


Obrigado por compartilhar esta postagem.

Postagens mais visitadas