Pesquisar este blog

05 julho 2017

11 Dicas de Boas Maneiras à Mesa

boas maneiras
Ficar olhando o celular durante às refeições
 é procurar-se à si mesmo e é descortesia
  1. Antes de sentar-se à mesa lavamos as mãos. Sempre. Em casa e no restaurante também. Os adultos e as crianças. Também os idosos. No almoço e no jantar. Nos lanches também. Sempre. 
  2. Esteja atento ao momento, ao que se celebra, ao local e aos demais. Você não está ali para comer, mas para partilhar, portanto dê atenção aos demais mais do que às guloseimas. E mais que a seus gostos, vontades e voluntarismos.
  3. Seja amável com quem está à sua volta: alcance sal, bebida, etc. Não esteja como quem só pensa em si, no que vai comer. E principalmente ouça o que estão dizendo. Isto não quer dizer aguçar o ouvido, MAS RESPONDER SOBRE O QUE FOI DITO e não sobre o que lhe ocorreu, ou o que acha a propósito do que foi dito. Veja mais sobre boas maneiras ao conversar aqui.
  4. Sente-se reto à mesa: nem longe nem perto demais. Sente-se bem sentado sem estar "esparramado" sobre a mesa ou reclinado demais para trás. Nem duro demais como um soldado em guarda.
  5. Esteja à vontade, mas com domínio de si para não se expandir em "humores" nem exceder-se na bebida, na comida e na precipitação ao falar. A atitude que devemos manter durante toda uma refeição é de interesse e ao mesmo tempo de descontração.  Portanto, sua atitude  à mesa deve ser natural e consciente, jamais se permitindo essas expansões descontroladas de humor, de preguiça, de crítica e ruídos de toda sorte. 
  6. Não demonstre impaciência nem critique o serviço como assunto à mesa. Se houver motivo de queixa faça isso discretamente e com a pessoa encarregada e sem interesse em "aparecer" ou "denunciar" pseudo elegâncias ou conhecimentos gastronômicos. Não estrague o encontro do qual a comida deve ser o aspecto secundário comparado com o momento de encontro entre almas. Evite comparar a comida ou o  restaurante com eventos melhores.
  7. Não desperdice comida, nem abuse dos oferecimentos como balinhas ao final da refeição. Pegue uma balinha, no máximo duas. Não abuse do serviço: nem dos garçons que devem servi-lo, nem das limpadoras de espaços áreas de restaurantes do shopping. Lembre-se da regra: se você se serviu é sua obrigação levar a bandeja para o lugar devido. Aproveite e coloque a cadeira no lugar e não deixe guardanapos e restos de comida sobre a mesa. Pessoas educadas não deixam rastro de sua passagem em lugares públicos facilitando o espaço para a próxima pessoa
  8. Não deixe que seus filhos pequenos monopolizem com suas necessidades a atenção de todos que estão à mesa. Isso só os ensinará a ser mais egoístas e centrados em si mesmos achando equivocadamente que todos devem servi-los ou dar-lhes atenção o que será um caminho de muitas e inúteis frutrações na vida. Além do que vocês também serão mal vistos e evitados em outros eventos. Sim, é possível que crianças sejam educadas à mesa, isso só depende do que eles veem e praticam em casa.
  9. Mantenha um mínimo de formalismo à mesa. Confundir a alegria de um encontro com o escracho que acontece à mesa em algumas casas muito informais e desordenadas a pretexto de familiaridade alegre é um grande engano. Onde as coisas são simples mas de qualidade cabem mais pessoas. Todos que querem impor um modo de ser aos outros seja informal demais a pretexto de liberalidade ou de modos deslumbrados não proporcionam o conforto e o acolhimento que deveria acontecer num encontro à mesa. Só a simplicidade é elegância. Mas simplicidade não é escracho, nem excessiva intimidade fora de hora. Por isso não meta o garfo no prato dos outros, não beba do copo dos outros, não faça brincadeiras com o Ketchup, o sal e outros objetos à mesa, não meta comida na boca dos outros, etc.
  10. Seja generoso: pague para os seus amigos alguma coisa de vez em quando e não conte tostão na hora de dividir a conta. Devem-se fazer contas certas sempre e depois se fazem as gentilezas. Assim se sabe o verdadeiro tamanho da cortesia e se pode retribuir depois. Jamais se esqueça de retribuir uma gentileza e com largueza. É possível combinar que encontros frequentes cada um pague o seu, mas não faça disso um escudo sempre anunciado. A avareza e o seu oposto o abuso da boa vontade alheia estragam qualquer encontro à mesa.
  11. Não vá para um encontro à mesa se for manter a cara no celular. Mas evite falar o motivo: " -Estou aguardado um like na foto que postei do meu cachorro e não posso prestar atenção no que vocês tem para dizer."

    Postagens mais visitadas