13 agosto 2015

Boas Maneiras e a Conservação do Meio Ambiente


Meio Ambiente

Respeite as instalações materiais dos locais que frequenta. Elas custaram a alguém dinheiro e esforço para comprá-las e mantê-las limpas e em ordem. Colabore com a limpeza e a ordem dos eventos e locais que frequenta. Não prove da amostra se não for comprar do produto, não abuse do que é oferecido gratuitamente. Em lanchonetes de auto-atendimento, e coloque a cadeira no lugar e sempre leve sua bandeja para o balcão e deite o lixo na lixeira.

As cadeiras dos clubes, lanchonetes e demais instalações não são lugar para colocar os pés, ou mochilas e outros objetos que possam estraga-los. Respeitar a função dos objetos é parte da nossa capacidade de respeitar os outros.

Se encontrar um objeto perdido entregue-o imediatamente ao responsável do estabelecimento.

O certo é colocar o lixo na lixeira. Não pela janela de casa ou do ônibus, nem nos vasos de plantas, ou cantos do assentos, etc. Onde o serviço de alimentação não foi servido por garções leve a bandeja com os copos e guardanapos usados para o lugar indicado e jogue o lixo fora. Em alguns lugares o lugar de deixar a bandeja é mesmo a mesa para ser recolhido depois.

Devolver o troco de sua mãe. Não supor que nada que esteja por aí é seu. Devolva tudo que não é seu. Inquestionavelmente.

Evite bater as portas, arrastar cadeiras, fazer barulho, impor música alta ou fazer aquele detalhe que você já sabe que desagrada a sua irmã ou a sua mãe. Colabore para não ser você mesmo desagradável de se conviver.

Você vê aquele casal lutando com o carrinho de bebê na escada rolante e o outro filho pela mão. Custa ajudar com o carrinho ?

Água

  1. Devemos conservar a água:
  2. Ao escovar os dentes devemos fechar a torneira toda vez que não a estamos usando.
  3. Um vaso sanitário com vazamento pode triplicar o desperdício.
  4. Use a vassoura primeiro antes de lavar a calçada. Assim quando você precisar jogar água, se precisar, irá gastar muito menos água.
  5. Quando lavar o carro feche a torneira enquanto não estiver usando a água. Economize.

Lixo

Podemos ajudar muito a conservação do meio ambiente ao tomarmos medidas simples. Observe as sugestões abaixo e se seu prédio ou condomínio ainda não faz lixo seletivo proponha isso agora.
  1. Não jogue lixo nas praias, parques e no mar. Pequenos gestos podem te grandes consequências. 
  2. Classifique o seu lixo e separe-o para que possa ser coletado junto com seus similares.
  3. Lixo Reciclável portanto acondicione separadamente para que possam ser aproveitados. Ao colocar na lixeira do seu andar devem estar em plásticos preferencialmente transparentes. Sua contribuição estará ajudando os catadores e selecionadores de lixo.
  4. Vidros: garrafas, frascos em geral, potes, copos, cacos de qualquer cor.
  5. Papel: Jornais, revistas, cadernos, livros, papéis de escritório, embalagens, papelão.
  6. Metal: Latas em geral, peças de alumínio, peças de cobre, peças de chumbo, bronze e fios, pequenas sucatas metálicas.
  7. Plásticos: brinquedos, sacos, potes, tampas, utensílios plásticos e quaisquer outros objetos de plástico.

Outras Medidas Práticas de Boas Maneiras para Conservação do Meio Ambiente

  1. Evite o consumo desenfreado, e o consumo de descartáveis.
  2. Prefira ler os textos diretamente no computador imprimindo apenas o estritamente necessário e sempre que possível aproveitando os dois lados da folha.
  3. Prefira canetas recarregáveis às descartáveis.
  4. Prefira as toalhas de pano às descartáveis bem como sempre que puder troque o material descartável, copos, pratinhos, etc por louça comum.
  5. Prefira os aparelhos ligados à luz elétrica aos com pilha que além de gerarem lixo consomem em sua produção mais energia do que a que são capazes de fornecer.
  6. Se puder use barbeadores não descartáveis.
  7. Conserte e reaproveite o máximo as suas coisas. A visão descartável tem produzido muito lixo e mais consumo de bens que dependem em maior ou menor escala da depredação do meio ambiente. Faça circular os bens que você não necessita mais de modo a colaborar para mais bens não sejam necessários ser produzidos. Doe roupa, utensílios em geral, como uma forma de evitar o excesso de procura por novos produtos e ajudar pessoas que não podem comprar. Embora saibamos que a maior consciência a ser despertada é a dos fabricantes e governos que em nome do lucro recusam-se a tomar medidas efetivas em prol do meio ambiente.
  8. Sempre que puder compre produtos em embalagens de maior capacidade para evitar o consumo de embalagens. Lembre-se que as frutas consumidas in natura são mais saudáveis que as processadas. Aliás poderíamos acompanhar os produtos que deixam o dinheiro de sua produção no Brasil e os que mandam para o exterior. O tomate cultivado em Paty de Alferes ou o suco de tomate da Parmalat?
  9. Se preferirmos os produtos ecológicos, sem agrotóxicos estaremos enviando um sinal para os que buscam somente o lucro do que queremos para o meio ambiente na linguagem que eles entendem: a do lucro. Os agrotóxicos contaminam rios e matas, prejudicam a saúde do trabalhador do campo e a nossa e são preferidos  às opções ecológicas - apenas por razões de produtividade e lucro.
  10. Prefira as geladeiras que tem o selo “green" ou que indicam um maior grau de economia no consumo de luz. Evite as secadoras de roupa, prefira secar as roupas em varal.
  11. Prefira produtos em embalagens retornáveis às mesmas opções em recipientes descartáveis. Mesmo sendo lançadas como novidades, algumas embalagens podem representar risco para o meio ambiente. Por isso esteja sempre bem informado. Houve o caso de embalagens lançadas aqui como grandes novidades mas na verdade haviam sido condenadas em seu país de origem já que sua produção afetava a camada de ozônio. Seja pró-ativo.
  12. Prefira produtos em embalagens de vidro às de plástico porque são mais facilmente recicladas.
  13. Quando comprar um produto de limpeza prefira os bio-degradáveis. Não compre produtos em embalagem aerossol. Não compre produtos acondicionados em isopor. O isopor não é biodegradável, é tóxica e pode contaminar os alimentos além de ao partir-se em pequenos pedaços na natureza pode ser ingerida por animais causando-lhes sérios danos e ao meio ambiente ao qual pertençam.
  14. Se puder leve sacola ou carrinho para trazer suas compras e evitar o consumo de sacolas plásticas. Os supermercados podem devolver esta gentileza – que em grande escala poderia lhes reduzir custos – em alguma forma de gentileza também ecológica.
  15. Durante o banho, economize água fechando o chuveiro enquanto se ensaboa, dando preferência ao banho de água fria e evitando o consumo exagerado de produtos. Se todos fizerem isso diminuirá o dano causado ao meio ambiente.
  16. Sempre que possível prefira os alimentos in natura, ainda não embalados ou industrializados para evitar o dano ao meio ambiente seja da produção industrial seja pela diminuição da quantidade de embalagem envolvida no consumo daquele produto. Alimentos importados costumam ter muitos agrotóxicos para aguentar o período de exportação. Prefira os alimentos da época.
"Boa parte da nossa vida está composta de pequenos encontros com pessoas que vemos no elevador, na fila do ônibus, na sala de espera do médico, no meio do trânsito da cidade grande ou na única farmácia da cidadezinha onde vivemos... e ainda que sejam momentos esporádicos e fugazes, são muitos por dia e incontáveis ao longo de uma vida. Para um cristão, são importantes, porque são ocasiões que Deus lhe dá para rezar por essas pessoas e mostrar-lhes o seu apreço, tal como deve suceder entre os que são filhos de um mesmo Pai. Fazemos isso normalmente através desses pormenores de educação e de cortesia que temos habitualmente com qualquer pessoa, e que se transformam facilmente em veículos da virtude sobrenatural da caridade." Fernández-Carvajal, Coleção Falar com Deus" volume 3,Tempo Comum(1) Semanas I a XII, pag. 33. "