10 maio 2015

Boas Maneiras e a Beleza

Toda pessoa bem educada aprecia e procura se desenvolver no que é belo. A beleza é a expressão da verdade e do bem de modo que naturalmente buscamos o que é belo. Mas ao contrário do deslumbrado, conhecer a beleza não é fazer de conta que entende uma obra de arte para a qual ainda não teve suficiente formação.

Na verdade a beleza se cultiva na vida cotidiana. É através de procurarmos cotidianamente, nas coisas que temos que fazer diariamente a beleza, que nos leva a verdadeiramente apreciar o que é belo nas suas formas mais elevadas.

A pessoa de boas maneiras portanto desenvolve o que é belo em si mesma e nas coisas que faz: tem uma casa bonita e arrumada na medida de suas posses, procura estar sempre bem arrumada como natural expressão de sua beleza interior.

PONTOS PRÁTICOS SOBRE BOAS MANEIRAS E A BELEZA NA VIDA COTIDIANA
  1. Buscar a beleza dá trabalho. É preciso ser asseado, ordenado e buscar conscientemente superar o desconhecimento e outros obstáculos para ter a beleza como expressão de si mesmo na apresentação pessoal.
  2. É preciso tornar o que dizemos sempre belo. Veja mais sobre a beleza do que falamos aqui.
  3. Todo o trabalho que fazemos deve ter essa qualidade de ser belo. É necessário fazer com capricho e revisar os trabalhos que entregamos.
  4. Do mesmo modo nossos gestos e comportamentos nos emprestam muita beleza quando são ornados de boas maneiras e expressam bons sentimentos. As virtudes nos emprestam beleza. Não se pode ser belo sendo impontual, arrogante, etc.
  5. Nossa casa deve ter essa beleza dos valores e do amor que temos. É isto o que a torna bonita e não a ostentação e muito menos o império do comodismo e do individualismo. 
  6. Pode haver muita beleza em nossas ideias. Se você pensa muito frequentemente em se dar bem à custa dos outros achando que isso é uma forma de inteligência jamais chegará a conhecer esta e será evitado por todos pela feiura dos seus propósitos e métodos.Quem quer conviver com um corrupto, um ladrão, um espancador de mulheres, ,um mentiroso, etc.
  7. Não se pode ser belo longe da do Sumo Bem. 

Quando se procura a beleza normamente acabamos por tê-la em nós, na nossa família e no nosso meio chegando a compreender formas mais elevadas dela.





"Boa parte da nossa vida está composta de pequenos encontros com pessoas que vemos no elevador, na fila do ônibus, na sala de espera do médico, no meio do trânsito da cidade grande ou na única farmácia da cidadezinha onde vivemos... e ainda que sejam momentos esporádicos e fugazes, são muitos por dia e incontáveis ao longo de uma vida. Para um cristão, são importantes, porque são ocasiões que Deus lhe dá para rezar por essas pessoas e mostrar-lhes o seu apreço, tal como deve suceder entre os que são filhos de um mesmo Pai. Fazemos isso normalmente através desses pormenores de educação e de cortesia que temos habitualmente com qualquer pessoa, e que se transformam facilmente em veículos da virtude sobrenatural da caridade." Fernández-Carvajal, Coleção Falar com Deus" volume 3,Tempo Comum(1) Semanas I a XII, pag. 33. "