07 setembro 2014

Educação e Categoria Humana: O que é isso?

Para se ser reconhecido como uma pessoa de grande categoria humana é preciso viver com motivações profundas.

As forças que nos movem, a virtude com que agimos, vem do nosso interior. Como um motor, as virtudes são a nossa força para agir.

Se somos pessoas virtuosas ao nos perguntarem porque arrumamos nosso quarto dizemos que é porque acreditamos que é importante ser ordenados e não apenas porque mamãe mandou.

A categoria humana vem de saber se posicionar sobre as coisas da vida. Senão agiremos como máquinas que quando se lhes aperta o botão vão para a ginástica, trabalham, etc. Pessoas sem profundidade não tem mais que quatro interesses na vida: comer, trabalhar, dormir e se divertir .

Viver só ao ser "acionado" por uma necessidade imediata, é uma redução do que somos. A categoria humana, essa profundidade pessoal ao agir que revelamos mostra que somos pessoas íntegras, movidas por grandes ideais, capazes de superar dificuldades.

A categoria humana se adquire pela oração e pela prática cotidiana das virtudes.

A nossa categoria humana está relacionada com a intensidade com que realizaremos nossa vida: como trabalhamos, como nos relacionamos com outras pessoas que é no fundo como amamos. 

É como se nossa vida diária, vivida com virtudes, se convertesse numa oração: por ela alcançamos o que somos de melhor. Se esquecemos a oração nos tornamos fracos e superficiais porque de Deus vem toda força e todo o bem. Se não vivemos a vida cotidiana com categoria humana a tornamos fútil, superficial, sem força, sem bem. 

Não devemos ficar só nas tentativas de realização mas devemos fazer o verdadeiro esforço para alcançar o que pretendemos. Existem pessoas que vivem apenas tentando. É preciso enfrentar as batalhas decisivas sem fugas, profundamente. Eu tento apenas aprender ou meu estudo me compromete com o serviço que quero prestar amanhã?

E no meu amadurecimento pessoal eu saio da infância ou da adolescência e me torno um adulto que assume as próprias responsabilidades? Eu faço o mínimo, ou o mais fácil? Acompanho o meu progresso pessoal? Melhorar cada dia um pouco mais. Categoria humana não é só lutar mas conseguir.

Qualquer coisinha nos deixa tristes, inquietos angustiados? Esta falta de categoria humana é falta de fé. Quem tem fé entrega-se à vida certo do amor do Pai e vive sem levar-se desordenadamente por receios descontrolados. 

A fé é a adesão total a Deus, é confiar na nossa filiação divina e no amor de Deus. Só Deus basta e não nos assustaremos com as eventuais dificuldades deste mundo. 
"Boa parte da nossa vida está composta de pequenos encontros com pessoas que vemos no elevador, na fila do ônibus, na sala de espera do médico, no meio do trânsito da cidade grande ou na única farmácia da cidadezinha onde vivemos... e ainda que sejam momentos esporádicos e fugazes, são muitos por dia e incontáveis ao longo de uma vida. Para um cristão, são importantes, porque são ocasiões que Deus lhe dá para rezar por essas pessoas e mostrar-lhes o seu apreço, tal como deve suceder entre os que são filhos de um mesmo Pai. Fazemos isso normalmente através desses pormenores de educação e de cortesia que temos habitualmente com qualquer pessoa, e que se transformam facilmente em veículos da virtude sobrenatural da caridade." Fernández-Carvajal, Coleção Falar com Deus" volume 3,Tempo Comum(1) Semanas I a XII, pag. 33. "