02 agosto 2014

Mulheres: Boas Maneiras ao Vestir-se para Trabalhar

Em ambientes de trabalho socialmente mais formais, existem algumas regras mais ou menos conhecidas sobre como devemos nos vestir. Vejamos algumas. 


Como as Mulheres devem se vestir no Trabalho

  1. Diga não à ditadura do terninho: torne-o o mais feminino possível. Ser competente não quer dizer se vestir como homem ou agir como ele. Muito pelo contrário, sua competência passa exatamente pelas suas qualidades próprias da sua feminilidade.
  2. Quanto mais velha for preferia os tricôs e linhas e tudo que possa acrescentar feminilidade à sua apresentação. Nada de modos escrachados, rudes ou largados porque já "chutou o balde". Isso é quase sempre concessão à vulgaridade, preguiça ou desilusão barata.
  3. A  roupa de bom gosto para o trabalho nunca é colada no corpo.
  4. Nem é curta, nem sem mangas, nem com decotes grandes, nem se utilizam em tecidos transparentes ou roupa de noite como os tecidos suaves. Nunca. 
  5. As roupas devem ser de boa medida, nem justas nem grandes demais. Devem ser evitadas as cores desbotadas e as roupas gastas, manchadas, ou rasgadas.
  6. A blusa deve ser opaca o bastante para esconder o sutiã, e a alça não deve jamais aparecer.  
  7. Devem ser evitadas as bermudas, os tênis, as estamparias, os chinelos de dedos, os excessos de bijuterias e de maquilagem, os modismos e as cores berrantes e tudo que possa ser apropriado para o parque ou a praia. 
  8. É mais clássico o uso de saias do que o uso de calças compridas, por isso se o evento ou o ambiente for mais conservador considere a possibilidade de preferir saias ou vestidos.  
  9. No trabalho evite tecidos transparentes, brilhantes, e de noite. Os exageros da última moda se extravagantes, escandalosos ou de mau gosto devem ser evitados no ambiente de trabalho.
  10. No trabalho, as meias compridas (ou meia calça) são um acessório importante para a elegância, desde que não chamem atenção como se fossem meias ortopédicas ou com detalhes escandalosos. 
  11. Quanto às jóias e bijuterias, no escritório é conveniente usar o mínimo.  Brincos discretos e pequenos, cintos não muito largos, principalmente se forem de cadeia de metais. No ambiente de trabalho, é melhor usar um só lugar para enfeitar, como o colo por exemplo, e escolher uma peça básica maior como um colar ao invés de muitos anéis, pulseiras, fivelas destacadas no cinto, bolsa e nos sapatos, etc. Um clássico: colar de pérolas de três voltas e broche vão a qualquer lugar. 
  12. Os sapatos nunca são de plataforma alta, ou de salto muito alto; melhor que sejam delicados e de salto médio, e estejam sempre limpos, assim como a bolsa. 
  13. Se a mulher tem que caminhar muito entre o local onde estaciona seu carro ou desembarca do transporte coletivo, e o local do trabalho, não precisa estragar pelas calçadas seu sapato de trabalho. Pode utilizar um outro sapato para o percurso até o trabalho e levar em uma pequena sacola aqueles que usará no trabalho. Tênis no trabalho jamais.
  14. Roupa, sapatos e bolsa de cor branca devem ser evitados nos meses frios ou nos dias chuvosos.
"Boa parte da nossa vida está composta de pequenos encontros com pessoas que vemos no elevador, na fila do ônibus, na sala de espera do médico, no meio do trânsito da cidade grande ou na única farmácia da cidadezinha onde vivemos... e ainda que sejam momentos esporádicos e fugazes, são muitos por dia e incontáveis ao longo de uma vida. Para um cristão, são importantes, porque são ocasiões que Deus lhe dá para rezar por essas pessoas e mostrar-lhes o seu apreço, tal como deve suceder entre os que são filhos de um mesmo Pai. Fazemos isso normalmente através desses pormenores de educação e de cortesia que temos habitualmente com qualquer pessoa, e que se transformam facilmente em veículos da virtude sobrenatural da caridade." Fernández-Carvajal, Coleção Falar com Deus" volume 3,Tempo Comum(1) Semanas I a XII, pag. 33. "