27 julho 2017

Boas Maneiras no Cinema

By Star Filmes - Sugestões de filmes
Para escolher o que você vai ver, não siga apenas os apelos de marketing, escolha bons filmes.

Veja só coisas boas: o cinema de sensações que promove a violência e a vulgaridade não edifica, tira a pureza da alma e estimula os instintos baixos pelo escândalo, pela sensação barata. Isso nos torna medíocres. Não entre nessa.

Postura Pessoal de Boas Maneiras no Cinema

  1. Não fure fila. 
  2. Seja pontual: evite entrar depois do início do filme e ficar saindo e voltando durante a projeção. 
  3. Não antecipe o final do filme, nem o que vai acontecer a seguir. Nem no cinema nem nas redes sociais.
  4. Não se mexa demais e se for jovem controle o entusiasmo e os julgamentos exagerados e risos tanto na fila como na sala de projeção. 
  5. Para o cinema não é obrigatório estar especialmente arrumado como numa ópera. Segue-se apenas o conceito de que se o cinema for à noite se estará mais arrumado do que de dia. Exceção se for uma pré-estréia de gala com autoridades quando então o traje será como solicitado no convite. 
  6. É preferível comer em casa ou no restaurante. Há um certo exagero da sociedade de consumo que transforma todas as ocasiões de lazer em ocasiões de comer. Considere se realmente é necessário consumir um balde de pipocas com 900 ml de refrigerante ou se basta uma bala. Ou nada. Não raro acabamos associando diversão a comida, o que leva muitas pessoas a perderem o domínio sobre si mesmas tal a compulsão para comer a que são levadas pelo hábito de comer à toda hora ou quando se divertindo. 
  7. Coloque o lixo no lixo. Recolha do seu lugar e leve até a lata de lixo seu copo, papéis de bala, etc. 
  8. Veja a postagem sobre boas maneiras no banheiro para lembrar-se desses detalhes também no cinema. 
  9. Deixe as demonstrações públicas de afeto e intimidade para depois do filme em outro lugar. 
  10. Não se mexa demais. Evite as expansões descontroladas.
  11. Não distribua "pareceres" sobre tudo e todos. 
  12.  Eduque as crianças para que não queiram comer de tudo, correr por todos os lados, falar alto, brigar entre si, agitar-se demasiadamente, incomodar os outros de nenhuma forma etc.
  13.  As boas maneiras valem para a sala de projeção, saguão, elevadores, garagem, etc..

Ruídos no Cinema

  1. Evitar fazer ruídos desembrulhando balas ou mordendo amendoins.
  2. Fale o mínimo possível, deixe a conversa para depois do filme. Evite cochichos ou comentários escandalosos durante o filme.
  3.  Desligue o celular e qualquer dispositivo com luz ou ruido. 

O Seu Lugar no Cinema

  1. No cinema, não atrapalhe a visibilidade dos outros.
  2. Mantenha seus pés e pernas longe da cadeira da frente.
  3. Mantenha seus pés dentro dos seus sapatos. 
  4. Mantenhas seus sapatos longe da cabeça dos outros ao cruzá-las.
  5. Certifique-se de que seus embrulhos ou se você não está tirando o lugar de outro. 
  6. No caso de lugar marcado, não ocupe lugares de outras pessoas e não exija que lhe cedam o lugar delas. Sente-se no lugar do seu ingresso. Sempre. 
  7. Não se dá as costas quando se passa nas frente das pessoas que já estão sentadas. Entra-se olhando-se para elas e pedindo licença para entrar, com simpatia e desculpas pelo transtorno. Jamais tenha aquela atitude de que quem está deixando passar não faz mais que a obrigação ou é um estorvo. 
  8. Levante-se para dar passagem mais fácil a quem está entrando para o meio da fila.
  9. Às pessoas idosas se lhes facilita ao máximo o acesso ao seus lugares. Pode-se se lhes dar a mão se for o caso, nos levantando para vagar mais lugar para o idoso passar e sempre com expressa boa vontade. Isto é válido também para outras salas como os teatros, concertos, etc. 
  10. Os cavalheiros sentam-se nas extremidades deixando os lugares do meio para as moças. 
  11. Não se mexa demais e se for jovem controle o entusiasmo e os julgamentos exagerados e risos tanto na fila como na sala de projeção. 
Procurando um bom filme para ver? Dê uma olhadinha neste blog que tem sugestões ótimas. By Star
"Boa parte da nossa vida está composta de pequenos encontros com pessoas que vemos no elevador, na fila do ônibus, na sala de espera do médico, no meio do trânsito da cidade grande ou na única farmácia da cidadezinha onde vivemos... e ainda que sejam momentos esporádicos e fugazes, são muitos por dia e incontáveis ao longo de uma vida. Para um cristão, são importantes, porque são ocasiões que Deus lhe dá para rezar por essas pessoas e mostrar-lhes o seu apreço, tal como deve suceder entre os que são filhos de um mesmo Pai. Fazemos isso normalmente através desses pormenores de educação e de cortesia que temos habitualmente com qualquer pessoa, e que se transformam facilmente em veículos da virtude sobrenatural da caridade." Fernández-Carvajal, Coleção Falar com Deus" volume 3,Tempo Comum(1) Semanas I a XII, pag. 33. "