29 junho 2013

Dicas de Boas Maneiras à Mesa

  1. Não nos apresentarmos nem sujos nem mal vestidos para as refeições. 
  2. Antes de nos sentarmos à mesa, devemos lavar bem as mãos e nos apresentarmos limpos e asseados. Em todas as refeições, INCLUSIVE EM CASA. 
  3. À mesa devemos esta sempre bem compostos. Jamais sem camisa. Não arregaçamos as mangas, não ficamos debruçados por sobre a mesa, nem tão pouco muito afastados, nem apoiamos os cotovelos na mesa, mas apenas os pulsos. 
  4. Não nos curvamos sobre o prato. Não inclinamos a cabeça a cada bocado. Levamos a comida à boca e não a boca à comida. 
  5. Não estamos irrequietos nem demonstrando impaciência à mesa. 
  6. Não usamos celulares à mesa. 
  7. Não vemos televisão à mesa. 
  8. Não ficamos comentando sobre a comida porque seria glutoneria comer e falar sobre comida. 
  9. Não nos portamos como se tivéssemos que nos aproveitar ao máximo do que é servido porque pagamos. 
  10. Não lançamos olhares ávidos para esta ou para aquela comida ou bebida. 
  11. Não se mostre descontente do lugar que lhe coube e muito menos dos seus vizinhos na mesa. Antes é bom fazer-lhes, logo no princípio, um cumprimento e durante toda a refeição, ter para com eles toda deferência e cortesia. 
  12. Nunca se toca alimento úmido com as mãos. Só alimentos enxutos, como o pão, o biscoito, sanduíches, coxinhas, algumas frutas, etc., podem-se tomar e levar à boca com as mãos. 
  13. Evite sujar a toalha com molhos, bebidas, etc. 
  14. Geralmente não se pede coisa alguma, mas se espera o oferecimento. Menos ainda se criticam as iguarias, nem se dá sinal de desagrado nem se fazem críticas ou comparações com situações melhores. 
  15. Prefira não ingerir bebida alcoólica em almoços de trabalho. 
  16. Quando passarem um canapé que se molha no centro com um molho, mergulhe-o somente uma vez e retire. 
  17. Não atravesse o braço para pegar coisas na mesa, peça a alguém que está perto que lhe passe o saleiro, etc. 
  18. Quando convidado, não explore o anfitrião. Considere a possibilidade de pedir uma sugestão para ele ou pergunte o que ele vai querer. 
  19. Espere todo mundo ser servido antes de começar a comer. 
  20. Espere o sinal ou a autorização do anfitrião para que todos comecem a comer, ou espere até que ele coma. 
  21. Se precisa de palitos de dentes ou fio dental use-os banheiro, nunca à mesa. 
  22. Quando lhe pedirem para passar alguma coisa, passe com a alça da jarra, por exemplo, disponível para quem pede. 
  23. Dê preferência a pedir e passar utensílios e comidas da mesa pela direita. 
  24. Sorve-se a sopa do lado da colher e não enfiando-a de frente na boca. 
  25. Sempre prove a comida antes de lhe adicionar mais sal ou qualquer outro condimento. Não faça comentários negativos de que está sem sal, de que com tal condimento. 
  26. Quando passarem um canapé que se molha no centro com um molho, mergulhe-o somente uma vez e retire. 
  27. Combinem antecipadamente como vão pagar a conta. 
  28. Se alguém pagou a conta, sempre agradeça. 
  29. Sempre dê gorjeta ao garçom de 15% a 20% se o serviço foi muito bem prestado e em restaurantes de luxo. 10% para restaurantes comuns e deixe algo para a caixinha dos atendentes se você regular no restaurante a quilo.
"Boa parte da nossa vida está composta de pequenos encontros com pessoas que vemos no elevador, na fila do ônibus, na sala de espera do médico, no meio do trânsito da cidade grande ou na única farmácia da cidadezinha onde vivemos... e ainda que sejam momentos esporádicos e fugazes, são muitos por dia e incontáveis ao longo de uma vida. Para um cristão, são importantes, porque são ocasiões que Deus lhe dá para rezar por essas pessoas e mostrar-lhes o seu apreço, tal como deve suceder entre os que são filhos de um mesmo Pai. Fazemos isso normalmente através desses pormenores de educação e de cortesia que temos habitualmente com qualquer pessoa, e que se transformam facilmente em veículos da virtude sobrenatural da caridade." Fernández-Carvajal, Coleção Falar com Deus" volume 3,Tempo Comum(1) Semanas I a XII, pag. 33. "