17 novembro 2012

Dicas Básicas de Boas Maneiras à Mesa


Repassando as principais dicas básicas de boas maneiras à mesa

  1. Não brinque com os talheres à mesa.
  2. Não demonstre impaciência enquanto espera a comida. 
  3. Não fale mal da comida ou do serviço prestado. Inclusive se você for o anfitrião.
  4. Se for o caso não espere para lhe pedirem: auxilie a colocação da mesa sem fazer disso uma grande coisa. 
  5. É preferível servir-se uma segunda vez do que deixar grande quantidade de comida por ter feito um prato muito grande.
  6. Ao ser convidado para comer fora espere até que lhe digam qual é o seu lugar ou que se chegue a um consenso onde quem vai sentar aonde. Nada de ir ocupando logo um lugar da mesa.
  7. Após terminar a refeição deixe o guardanapo do lado esquerdo, mas sem dobrá-lo.
  8. No restaurante não damos a mão a quem está comendo apenas os cumprimentamos com um aceno da cabeça e saudando-os com um sorriso.
  9. Não multiplique os esforços para puxar a cadeira e sentar-se à mesa. Uma atitude interessada, mas ligeiramente descontraída é a melhor maneira de portar-se à mesa.
  10. Só nos sentamos após a dona da casa ter se sentado ou ela nos tenha indicado para iniciarmos.
  11. Ofereça-se para ir ao restaurante preferido do seu convidado.
  12. Logo que se sente coloque o guardanapo no colo com uma dobra ainda.
  13. Lave sempre as mãos antes de comer. Sempre.
  14. Durante as refeições não coloque as mãos no nariz, no cabelo, etc.
  15. A mesa das refeições não é local de retocar a maquiagem. 
  16. Jamais coloque detritos como ossos, espinhas, guardanapos sujos, caroços, diretamente sobre a toalha. Coloque-os num pratinho disponível para isso, ou no pratinho de pão, ou dependendo das circunstâncias, peça um prato para o garçom para colocar os restos.
  17. Não incomode os outros com seus embrulhos ao passar ou ao se instalar. Se for preciso solicite um lugar onde possa deixar seus embrulhos em segurança. Libere um assento ocupado com seus embrulhos imediatamente ao perceber que alguém precisa sentar-se e não há outros lugares vagos. 
  18. Não é correto atravessar o braço na frente de outra pessoa da mesa. Se quiser alguma coisa que está distante na mesa peça. 
  19. Não incline o prato quando estiver no fim no caso da sopa. 
  20. Não virar o prato para servir-se da última colherada. 
  21. Não abaixar a cabeça para comer e sim levantar o braço, o que às vezes costuma acontecer quando se toma sopa ou qualquer coisa que parece estar querendo mirar que caia no prato logo abaixo. 
  22. Não cruzar os talheres formando figuras, ou apoiando-os na metade na beira dos pratos e a outra metade sobre a mesa. 15:15 min. e é só. 
  23. Não se colocam os cotovelos em cima da mesa. Nunca. Não levante os cotovelos quando for cortar a carne com o garfo e a faca. 
  24. Não faça barulho ao comer nem na boca ao mastigar nem na garganta com pigarros.
  25. Não abra a boca enquanto está mastigando.
  26. Não coma falando.
  27. Não encha demais a boca.
"Boa parte da nossa vida está composta de pequenos encontros com pessoas que vemos no elevador, na fila do ônibus, na sala de espera do médico, no meio do trânsito da cidade grande ou na única farmácia da cidadezinha onde vivemos... e ainda que sejam momentos esporádicos e fugazes, são muitos por dia e incontáveis ao longo de uma vida. Para um cristão, são importantes, porque são ocasiões que Deus lhe dá para rezar por essas pessoas e mostrar-lhes o seu apreço, tal como deve suceder entre os que são filhos de um mesmo Pai. Fazemos isso normalmente através desses pormenores de educação e de cortesia que temos habitualmente com qualquer pessoa, e que se transformam facilmente em veículos da virtude sobrenatural da caridade." Fernández-Carvajal, Coleção Falar com Deus" volume 3,Tempo Comum(1) Semanas I a XII, pag. 33. "