15 junho 2012

Boas Maneiras: Quando os pais devem lavar as mãos?


Quando os Pais Devem Lavar as mãos?

Lave as mãos antes de:

  1. Cozinhar ou comer.
  2. Alimentação de um bebê ou uma criança (incluindo amamentação).
  3. Dar a medicação para uma criança....
  4. Lave as mãos depois de:
  5. Mudar uma fralda.
  6. Ajudar uma criança a usar um banheiro.
  7. Utilizar um toalete.
  8. Cuidar de uma criança doente.
  9. Tratamento de animais de estimação ou animais.
  10. Limpeza de gaiolas ou caixas de areia de animais de estimação.
  11. Limpar ou assoar o próprio nariz ou do seu filho.
  12. Preparar alimentos.

Quando Todos Devemos Lavar as Mãos?

  1. Antes, durante e depois de preparar alimentos.
  2. Antes de comer
  3. Depois de usar o banheiro
  4. Ao entrar em casa.
  5. Antes de entrar no quarto de um doente, seja no Hospital ou em Casa. De preferência ter tomado banho antes, estar usando roupas limpas e ter lavado o rosto.
  6. Depois de ter usado o teclado de uma Lan House e segurar o carrinho do supermercado dois grandes focos de bactérias. 
  7. Depois de segurar dinheiro.
  8. Após a movimentação dos animais ou resíduos de origem animal
  9. Quando as mãos estão sujas.
  10. Mais freqüentemente quando alguém em sua casa está doente
  11. Depois de visitas a cemitérios.





Observação Importante: Dê preferência a toalhas descartáveis ou àquelas individuais que são utilizadas uma só vez. As toalhas que permanecem no banheiro para várias pessoas e vários dias de uso conservam e retransmitem bactérias. Se você acha esta postagem de utilidade pública envie-a para seus amigos

Se gostou envie esta postagem para sua rede social.
"Boa parte da nossa vida está composta de pequenos encontros com pessoas que vemos no elevador, na fila do ônibus, na sala de espera do médico, no meio do trânsito da cidade grande ou na única farmácia da cidadezinha onde vivemos... e ainda que sejam momentos esporádicos e fugazes, são muitos por dia e incontáveis ao longo de uma vida. Para um cristão, são importantes, porque são ocasiões que Deus lhe dá para rezar por essas pessoas e mostrar-lhes o seu apreço, tal como deve suceder entre os que são filhos de um mesmo Pai. Fazemos isso normalmente através desses pormenores de educação e de cortesia que temos habitualmente com qualquer pessoa, e que se transformam facilmente em veículos da virtude sobrenatural da caridade." Fernández-Carvajal, Coleção Falar com Deus" volume 3,Tempo Comum(1) Semanas I a XII, pag. 33. "