18 março 2012

Boas Maneiras e a nossa Atitude à Mesa

  1. Antes de sentar-se à mesa lavamos as mãos. Sempre. Em casa e no restaurante também. Os adultos e as crianças. Também os idosos. No almoço e no jantar. Nos lanches também. Sempre. 
  2. Seja amável com quem está à sua volta: alcance sal, bebida, etc. Não esteja como que só para se servir à mesa. 
  3. Sente-se reto à mesa: nem longe nem perto demais. Sente-se bem sentado sem estar "esparramado" sobre a mesa ou reclinado demais para trás. 
  4. Esteja à vontade, mas com domínio de si para não se expandir em "humores" nem exceder-se na bebida, na comida, na precipitação ao falar, ou ao comer.A atitude que devemos manter durante toda uma refeição é de interesse e ao mesmo tempo de descontração. 
  5. Esteja atento ao momento, ao que se celebra, ao local e aos demais. Você não está ali para comer, mas para partilhar, portanto dê atenção aos demais mais do que às guloseimas. 
  6. Seus gestos à mesa devem ser naturais e conscientes, jamais expansões descontroladas de humor, espreguiçamento e ruídos de toda sorte. Não demonstre impaciência por ser servido.
"Boa parte da nossa vida está composta de pequenos encontros com pessoas que vemos no elevador, na fila do ônibus, na sala de espera do médico, no meio do trânsito da cidade grande ou na única farmácia da cidadezinha onde vivemos... e ainda que sejam momentos esporádicos e fugazes, são muitos por dia e incontáveis ao longo de uma vida. Para um cristão, são importantes, porque são ocasiões que Deus lhe dá para rezar por essas pessoas e mostrar-lhes o seu apreço, tal como deve suceder entre os que são filhos de um mesmo Pai. Fazemos isso normalmente através desses pormenores de educação e de cortesia que temos habitualmente com qualquer pessoa, e que se transformam facilmente em veículos da virtude sobrenatural da caridade." Fernández-Carvajal, Coleção Falar com Deus" volume 3,Tempo Comum(1) Semanas I a XII, pag. 33. "