29 março 2012

Boas Maneiras e Lançamento de Livros


A menos que realmente não possa, compre o livro que está sendo lançado e entre na fila de autógrafos. Facilite a dedicatória exigindo do livreiro o papelzinho onde você escreve, de forma legível o nome a quem deve ser dedicado o livro.

Algumas pessoas vão a esses eventos para comer e tudo criticam e depois que se satisfazem, quer da vaidade quer da gula saem. A pessoa educada desenvolve interesses de modo que é capaz de frequentar os lançamentos dos assuntos que lhe interessa ou abrir-se a novos interesses se convidada. O resto como fazer novos amigos e ter umas horas agradáveis de conversa num coquetel é apenas parte da noite. Ao autor e ao assunto toda a atenção e consideração. 

Nada de furar fila valendo-se de conhecimento ou posição hierárquica social. Nada mais bonito do que estar ao fim da fila e ser alçado a frente por deferência dos demais. 

Vista-se apropriadamente. O flerte pode até acontecer mas não vá vestida como se isso fosse a única coisa em mente.


Compartilhe esta postagem na sua Rede Social
"Boa parte da nossa vida está composta de pequenos encontros com pessoas que vemos no elevador, na fila do ônibus, na sala de espera do médico, no meio do trânsito da cidade grande ou na única farmácia da cidadezinha onde vivemos... e ainda que sejam momentos esporádicos e fugazes, são muitos por dia e incontáveis ao longo de uma vida. Para um cristão, são importantes, porque são ocasiões que Deus lhe dá para rezar por essas pessoas e mostrar-lhes o seu apreço, tal como deve suceder entre os que são filhos de um mesmo Pai. Fazemos isso normalmente através desses pormenores de educação e de cortesia que temos habitualmente com qualquer pessoa, e que se transformam facilmente em veículos da virtude sobrenatural da caridade." Fernández-Carvajal, Coleção Falar com Deus" volume 3,Tempo Comum(1) Semanas I a XII, pag. 33. "