Boas Maneiras no Trabalho

Seja sempre pontual. Isso quer dizer não só chegar na hora aos compromissos, como entregar os trabalhos no prazo estipulado e cumprir com suas obrigações na hora em que deveriam ser feitas e não depois. Evitar os adiamentos e as "enrolações" são parte da nossa virtude da pontualidade. São parte do que realmente somos.

Se um colega seu está se excedendo na bebida num encontro de trabalho, chame-o ao lado ( NUNCA O CRITIQUE NA FRENTE DOS OUTROS) e tente convencê-lo a passar para um café ou um suco. Ao menos tente. Não deixar que ele faça papel de bobo. Ignorar o que está para acontecer ou “dar corda” para que beba mais, conte piadas vulgares ou com trejeitos ridículos ou, ou ainda que esteja de algum modo fazendo algo de que possa se arrepender amanhã, é falta de coleguismo, de lealdade e não raro caráter.

Da mesma maneira, se um colega faz um comentário dizendo que essa roupa está muito sexy, ou a pessoa está muito “interessante”, também cabe avisá-lo que o comentário não está de acordo com sua categoria profissional.

Quando temos uma reunião de negócios onde representamos nossa firma, seja com um novo cliente, com um banco ou qualquer encontro importante devemos nos vestir um pouco mais formal, seja acrescentado uma jaqueta ao vestido de trabalho, seja um colar de pérolas, ou um terno mais alinhado.

Quando cometer um erro, admita-o para o seu grupo com muita naturalidade e tome as medidas necessárias para sanar o problema sem fazer disso uma grande coisa. Se sempre trabalhamos bem não haverá problema para aceitar um erro.
Quando seu chefe reclamar do seu trabalho, não responda a cada admoestação do chefe imediatamente interronpendo-o a todo instante com explicações e desculpas.

Ouça cuidadosamente enquanto pensa a resposta e faça uma explicação no final pedindo desculpas do que esteve mal feito, ou mal compreendido e diga que está pronto para fazer de novo e melhor agora que tudo foi esclarecido. Isso não significa não se defender de injustiças.

A omissão é um erro sempre grave. Mas não vamos confundir o orgulho que não pode ser criticado que logo rejeita o que lhe foi dito sem pensar sobre o que está sendo dito ou uma natural diferença entre o seu ponto de vista e o do chefe, pela qual também se pode aprender muito. Evidentemente algumas pessoas e ambientes são muito difíceis. Se for esse o caso não se deixe abalar a ponto de perder a auto-estima. Devemos saber e aceitar com naturalidade que nem tudo é perfeito.

Não aceite e não faça “ conquista de escritório”. Se tiver um amigo ou mesmo o chefe, fale quem a está incomodando e peça para ele não fazer mais esse tipo de abordagem. As pessoas mais velhas e de maior cargo ou experiência devem ser as mais prudentes e agir pela parte mais fraca, desestimulando fantasias de relacionamentos ou admiração fora da “real” e não compactuar com isso.

É preciso entender, falar francamente e não incentivar ou tirar vantagem de “deslumbres” de pessoas mais fracas. Evitar sempre o desenvolvimento da ilusão não aceitando “almoços” para conversar, etc.

Se você quer um aumento fale com seu chefe em termos do que você poderia fazer a mais pela empresa se tivesse a chance de ocupar outro cargo. Não diga que seu salário é baixo ou que tem 5 filhos para criar. Procure desenvolver habilidades, sejam mais estudos ou idéias por desenvolver na nova posição que depois de garantirem o retorno para a empresa de que você está certo e assim ter argumentos claros para reinvindicar novas posições.


Não devemos no ambiente de trabalho flertar ou usar roupas provocativas que passam, quer queiramos ou não, a idéia de que somos como profissional alí contratado, um corpo bem torneado, o mais é secundário, posto que a insinuação vem primeiro.

Popular Posts