Obrigado Leitores Pelo Pico de Acessos apontado pelo Google na mensagem abaixo

You have a traffic spike on your website!

google.com

boas-maneiras.blogspot.com

Não à Tirania: Boas Maneiras para Homens: 22a. de 100 Dicas

O homem educado evita ser tirano nas suas relações pessoais. Tiranos não foram apenas aqueles
imperadores que mataram as pessoas ao longo da História. São tiranos também todos aqueles homens que pela presunção e vaidade torturam mães, irmãs e esposas com exigências presunçosas e, não raro, acompanhadas de irritação gratuita e grosserias. Claro que o vício da tirania não é exclusividade masculina, mulheres também podem ser tiranas inclusive se fazendo de coitadas, mas esta série é sobre os homens e por isso a dica é para eles.

Exercer bem o papel de liderança que tantas vezes cabe ao homem é uma arte que há de lhe emprestar muita grandeza se for realizada com virtudes, com qualidade real. Liderar pela tirania é mediocridade, ignorância e incompetência. Tiranizar, intimidar, agredir não fazem bom líderes porque eles não serão nem amados e nem respeitados. Ao contrário, os tiranos só conseguem se cercar da amargura e da dor que geram.

Se pode ser tirano de muitas maneiras:


  1. São tiranos esses homens controlados por ideologias reducionistas que enxergam a vida de modo tão estreito que outras opinões e modos de ser diferentes do seu atavismo os fazem sentirem-se agredidos. Ao não ter capacidade de ligar com isso optam simplesmente por não deixar existir o que desconhecem. É o caso do pai que simplesmente não deixa um talento de um filho florescer por que pensa que outra coisa seria melhor.
  2. São tiranos todos os que, usando de seu poder financeiro, oprimem os que dependem deles.
  3. São tiranos os que exploram a boa vontade alheia; de mães, pais e outros que os ajudam,
  4. São tiranos todos que pensam demais em si mesmos e acusam tudo à sua volta de estar em desacordo com o seu querer. E assim ele derrama sua tirania ao seu redor esperando que os outros se ajustem às suas vontades infantis. É o caso dos filhos voluntariosos e descontrolados. 
  5. São tiranos os que só enxergam defeitos e tudo criticam e no meio da alegria lembram coisas desagradáveis ou fazem sempre comparações depreciativas e azedam o ambiente.
  6. São tirânicos os que se fazem de desentendidos ou de coitados esperando manipular os outros.
Um homem educado é sempre humilde e cavalheiro. A humildade é o que torna um líder inteligente, pois o habilita a ver o que realmente está acontecendo. Ter-se a si mesmo como referência de tudo é tirania e ignorância já que nossa opinião representa apenas uma em 7 bilhões de habitantes no mundo. Liderar não é tiranizar, mas isso só o podem entender os verdadeiros líderes. Portanto a 22a. de 100 Dicas de boas maneiras para os homens é: não seja tirânico, mas inteligente e portanto humilde.

A Confissão Tudo que Você Precisa Saber para Fazer uma Boa Confissão
Orações para a Vida Cotidiana

Boas Maneiras para Homens: 21a. de 100 Dicas

As boas maneiras dos homens pressupõe mais do que o cumprimento de algumas normas de etiqueta. Na verdade o homem educado tem valores e interesses que naturalmente o colocam acima dos homens comuns. Como  21a. de 100 Dicas de Boas Maneiras para os Homens destacamos três aspectos do comportamento do homem educado.

  1. O homem educado é preocupado e interessado pelos outros. Ou seja, é capaz de dar-se, de ouvir, de não viver apenas para contar seus tostões e interesses.
  2. Um homem medianamente educado deve ser um homem honrado. Mas o homem que ultrapassa o comum faz mais do que dar e exigir com justiça: é generoso, benevolente, compreensivo e misericordioso. Mesmo quando falha, predomina o bom odor de sua propensão em dar mais do que é devido. Os homens justos apenas condenam e estão desejosos de punir os transgressores da linha prescrita para eles mesmos, cientes da justiça. Mas o homem bom, dá latitude, indulgência e perdão para os outros. O coração do homem bom, do homem da honra descrito nas Sagradas Escrituras,  é como uma lâmpada acesa pelo sopro de Deus, e ninguém, exceto o próprio Deus pode definir limites para a sua benevoência.
  3. O homem de boas maneiras para além do básico estatutário da justiça não tem inveja de qualquer excelência superior. Na verdade se cresce mais pelo convívio com os bons. E isto porque ele admira e almeja tudo que é bom.